Revitalização urbana: novos projetos para antigos espaços

Operação Água Espraiada - Setor Chucri Zaidan CBRE

Reinventar-se é uma necessidade humana aplicável por extensão a todos os espaços e atividades desenvolvidos pelas pessoas e comunidades. Cada local tem um ciclo de vida que alterna fases de desenvolvimento e luta contra a degradação. O processo de revitalização urbana envolve pesquisas, estudos e projetos para resgatar ou ampliar a qualidade de vida de determinadas regiões através de mudanças na infraestrutura local.

Este processo envolve um planejamento que contemple a ocupação ordenada do espaço, a acessibilidade e o transporte público, entre outros fatores, com o objetivo de reduzir o impacto do adensamento populacional. O desafio é propor intervenções que atendam questões do cotidiano dos moradores e usuários, mas otimizando a função e o posicionamento estratégico dessas localidades.

Operação Água Espraiada - Setor Chucri Zaidan CBRE

A transformação de antigas áreas industriais em pólos de desenvolvimento residenciais e comerciais tem obrigado o poder público a realizar processos de revitalização urbana. Estas ações são consolidadas por lei através de projetos denominados Operação Urbana. Hoje há quatro em andamento na cidade de São Paulo: Operação Urbana Água Branca, Operação Urbana Centro, Operação Urbana Faria Lima e  Operação Urbana Água Espraiada

A Operação Água Espraiada contempla o setor Chucri Zaidan, que envolve a extensão da Av. Chucri Zaidan do Shopping Morumbi até a Av. João Dias. A região era originalmente uma área de uso industrial, mudando para um perfil comercial a partir dos anos 80. Nos anos 90 começou uma nova tendência de uso com a presença de centros administrativos e financeiros de grandes corporações.

Hoje a área abriga uma diversificada gama de negócios que vão de bancos a serviços e empreendimentos residenciais. O adensamento populacional colocou o equipamento urbano e o sistema viário sob estresse, exigindo um projeto que amplie sua capacidade de atendimento da demanda atual e futura.

O projeto contempla a ampliação do sistema de transporte viário, incluindo alargamentos, abertura de novas vias e a implantação de duas novas pontes entre as pontes Morumbi e João Dias. As áreas verdes e institucionais devem ser ampliadas em 6,75%, de acordo com o Plano Urbanístico apresentado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura Municipal de São Paulo.

A Operação Água Espraiada deve se beneficiar também pela sua localização, estando em parte dentro da várzea do rio Pinheiros. Assim será impactada pelos projetos de despoluição e recuperação ambiental do curso d’água.

A CBRE contribuiu para o processo de requalificação urbana através do estudo e comercialização de 21.054 m² no local que abrigava a antiga fábrica da Timken, onde será implantado um projeto mix use (escritórios e residenciais). Todo o processo de consultoria foi coordenado pelo Departamento de Desenvolvimento, que possui projetos em todo território nacional.

Imagens: Setor Chucri Zaidan – Plano Urbanístico – Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura Municipal de São Paulo.

Share:

Deixar uma resposta