Escritórios

Rua Primeiro de Março: o encontro do passado com o futuro

Região primária de edifícios corporativos, a Rua Primeiro de Março consolida junto às avenidas Rio Branco e Presidente Vargas, o centro econômico e comercial do Rio de Janeiro. Atualmente, encontram-se ali modernos arranha-céus sedes de grandes empresas, além de museus como o Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural dos Correios e monumentos como a Igreja da Candelária e a Praça XV. Contudo, a importante via caracteriza-se muito além de sua localização no coração corporativo da capital fluminense, é parte de uma memória histórica do Brasil império. 

O PASSADO

A Rua Primeiro de Março foi o segundo caminho mais importante da cidade do Rio de Janeiro no século XVI, ligando o Morro do Castelo ao Mosteiro de São Bento. A primeira construção no local foi uma pequena ermida, onde atualmente é a Igreja de Nossa Senhora do Carmo ou antiga Catedral do RJ. Posteriormente os Carmelitas, em 1590, iniciaram as obras do Convento do Carmo, que por algumas décadas foi a maior construção da emergente cidade, ainda hoje existe no mesmo local.

No século XIX, a antiga Rua Direita – assim chamada na época – passou a ser a considerada a mais relevante do Rio, substituindo seu nome para Rua Primeiro de Março após D. Pedro II fazer um grande discurso no Largo do Paço, atual Praça XV, em homenagem ao fim da Guerra do Paraguai terminada no dia 1º de março de 1870. A cidade floresceu e ao longo dos anos a rua foi um teatro vivo da história da cidade.

 

O FUTURO

Ainda que repleta de vestígios históricos da época imperial, a rua modernizou-se e hoje seu entorno apresenta excelente infraestrutura de transporte público urbano, contando com várias modalidades, tais como: as estações Uruguaiana e Carioca de metrô, as barcas da Praça XV que conectam o Rio à Niterói, dezenas de linhas de ônibus e o recém inaugurado Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) que facilitou o deslocamento pelo Centro, trazendo modernidade à região. A proximidade com o Aeroporto Santos Dumont é outro diferencial, fazendo do Centro o local ideal para empresas que valorizam a acessibilidade alinhada a completa gama de infraestrutura de serviços: restaurantes, hotéis, instituições de ensino e agências bancárias.

O Torre 1º de Março é exemplo do reflexo das transformações no comércio e arquitetura. Caracterizado como classe AAA, o empreendimento possui especificações técnicas de alto padrão assegurando desempenho, performance e eficiência. Ganhador do Prêmio Master Imobiliário 2013, na categoria Prédio Comercial de Médio Porte, apresenta certificação LEED Silver garantindo sensível diferença nos custos operacionais, vantagem competitiva perante à concorrência e conscientização sustentável desde a construção até a ocupação.

Decorridos séculos, continua de máxima importância no cotidiano da sociedade a Rua Primeiro de Março, sendo hoje berço do crescimento de grandes empresas localizadas na região. A mesma é prova de que passado e futuro podem conviver em perfeita sinergia no momento chamado presente.

Para maiores informações sobre o mercado imobiliário da região, entre em contato com a CBRE através do número + 55 21 2543-4345

Share:

Deixar uma resposta