EscritóriosInstitucional

CBRE Workplace – Saiba por que o escritório da CBRE em Los Angeles foi destaque na Revista Forbes

cbre workplace
O ambiente do espaço de trabalho é um dos fatores que influenciam a produtividade dos colaboradores. Partindo desta premissa, o projeto realizado pela CBRE no escritório de Los Angeles chamou a atenção da Revista Forbes por aplicar uma estratégia que reúne conceitos diferentes das atuais tendências.

 

img-cbre-workplace-foto-1

A sala principal do escritório da CBRE em Glendale, Califórnia. A estrutura foi construída em 1929 para sediar um templo maçônico. As treliças de madeira originais permanecem. Foto: Ethan Pines para a Forbes

Para quem espera algo parecido com os espaços de trabalho das gigantes da tecnologia se surpreende: não há mesas de jogos, pufes ou corredores com iluminação de neon. O espaço realmente parece
um escritório: é espaçoso, quieto, organizado e bem iluminado, ocupado por pessoas que estão fazendo o seu trabalho.

Segundo a Forbes, este é o segredo da CBRE, empresa que está no
15º lugar na lista da “America’s Best Employers” deste ano: criar um escritório que melhora a satisfação e a eficiência dos colaboradores, usando um modelo que pode ser reproduzido e implantado em seus clientes.

 

img-cbre-workplace-foto-2

As salas privativas na CBRE podem ser reservadas por um dia. Foto: Ethan Pines para a Forbes

A estratégia do projeto do novo escritório é focada nas mudanças que ajudam os colaboradores a ser mais eficazes, investindo em ferramentas que fazem o espaço ser mais eficiente e otimizam a sua ocupação, sem criar a sensação de lotação.

A inspiração para este projeto veio do escritório da CBRE na Holanda, que já adotava alguns dos conceitos aplicados na nova sede: era um espaço eficiente, limpo e moderno, oferecendo espaços para o trabalho colaborativo ou focado, onde os colaboradores trabalhavam com energia e disposição.

 

img-cbre-workplace-foto-3

“Cadeiras Tulipa”: Quando os corretores da CBRE precisam ter uma conversa privada, eles podem usar essas cadeiras e conversar privadamente. Foto: Ethan Pines para a Forbes

Segundo os gestores do escritório holandês, 85% dos novos contratos de clientes vieram de empresas que conheceram o modelo de escritório da CBRE e quiseram implantá-lo em seus próprios ambientes de trabalho.

“Há dois anos, você podia trazer um cliente, mostrar um espaço, encontrar a localização certa, em um edifício de prestígio, e podia fechar um negócio. Hoje, se você não fala sobre a estratégia do espaço de trabalho, incorporando recursos como tecnologia e bem estar ao seu espaço, você está em desvantagem”, explica Lewis
C. Horne, presidente da CBRE de Los Angeles.

 

img-cbre-workplace-foto-4

Armários pessoais: pilhas de contratos velhos são proibidas na CBRE. As mesas precisam ser completamente limpas e todos os itens são guardados no final do dia de trabalho. Foto: Ethan Pines para a Forbes

 

img-cbre-workplace-foto-5

Espaços de trabalho ergonômicos: não são reservados e podem ser ajustados para trabalhar em pé (como vemos à esquerda) ou sentado. Foto: Ethan Pines para a Forbes

 

img-cbre-workplace-foto-6

Iluminação circadiana: a iluminação superior se ajusta ao bioritmo humano. Foto: Ethan Pines para a Forbes

 

img-cbre-workplace-foto-7

A “Liquid Galaxy” é uma parede formada por sete telas que usa o Google Earth para levar os clientes aos novos escritórios em prospecção sem se preocupar com o clima e o tráfego de Los Angeles. Foto: Ethan Pines para a Forbes

Leia a material completa e original no site da Revista Forbes, clicando aqui
Assista o video da notícia também, clicando aqui

Saiba como a CBRE pode ajudar o seu negócio, entre em contato conosco e descubra as soluções em Real Estate que poderão gerar savings e vantagens competitiva para a sua empresa.
http://www.cbre.com.br/contato

Share:

1 comment

Deixar uma resposta